sobre equilíbrio

num mundo ideal vivemos em equilíbrio, num mundo ideal somos stressfree, sugarfree, fatfree and always happy!

num mundo ideal não é preciso querer ser magro: já o somos. num mundo ideal superamos todas as expectativas. de tudo, de todos. num mundo ideal, as prioridades estão bem definidas, somos perfeitos e por isso temos tempo para treinar, para comer sentados, para estar com a família, para sair com os amigos, para conversar com os colegas, para meditar, para praticar uma qualquer fé, para frequentar o clube de filatelia, para ser altruísta, para participar na comunidade. enfim, num mundo ideal governamos a agenda como ninguém, a profissão como mestres, a casa como deuses.

num mundo ideal, não há falta de tempo, não há falta de vontade, não há falta de energia. há uma balança que afere a cada instante esse equilíbrio que não se vê nem se mede, que a cada dia é diferente e pode ser constituído de outras gramas. num mundo ideal damos atenção a essa balança, porque o que mede é importante, o que mede é determinante. gramas de felicidade, segundos de alegria, momentos de magia…o que quiseres.

num mundo ideal, estamos atentos a nós próprios, conhecemos essa balança, a subtileza dos seus pratos, que dançam entre o que deve ser e o que é, a todo o momento.

esse movimento perpétuo que só tu conheces constitui um equilíbrio desejado de coisas, o equilíbrio real da tua vida, que está longe de ser o número de treinos por semana ou ingestão calórica diária. há diversos nutrientes a ter em consideração, a ingerir regularmente, de diversas formas e cada um com impactos particulares que são determinantes num equilíbrio holístico que te proporcione Saúde, Bem+Estar e Qualidade de Vida:

  • não podes passar sem corpo – o plano físico em que nos manifestamos deve ser estimado, preservado e cuidado. é essencial comer, treinar e dormir bem, mas isso já tu sabes!
  • não podes passar sem emoções – precisamos delas, as negativas para sobreviver. sim, é preciso ter medo de quando em vez! e as positivas para florescer por isso aproveita a alegria do brincar para adquirir novos skills, saboreia a serenidade para aceitar novas perspetivas, pratica a gratidão sempre que puderes. diz a investigação que não é a intensidade da emoção que é relevante mas sim a sua frequência. elas vêem e vão como reação a circunstâncias, não duram para sempre por isso podes escolher o peso que lhes dás, para o bem e para o mal.
  • não podes passar sem pessoas – os outros trazem-nos sentimentos de conexão, fazem-nos o que somos. quais são os teus nutrientes sociais? que pessoas te alimentam, te acompanham, te fazem crescer?
  • não podes passar sem tempo – intimamente ligada à tua dimensão espiritual, muito da forma como manifestas os teus valores, pilares da tua existência tem a ver com o que fazes com o tempo. quer seja trabalho remunerado ou não, orgulha-te do que fazes se o fazes com tudo o que és e não te fiques por aí, ter um hobbie também é importante para preencher ou esvaziar outras necessidades. se tens uma profissão muito técnica ou racional, podes ter necessidade de praticar ou aprender uma modalidade artística, que possa extravasar o teu interior emocional. tu sabes!
  • não podes passar sem pensar – explora a intimidade do pensamento, esse lado que tens de discurso interno, que é só teu. quais são os teus interesses adormecidos? experimenta arriscar diferente, perde-te de propósito para encontrares novas soluções e chegar a um ponto que já conheces, como quem escolhe alimentar o intelecto ao satisfazer a curiosidade, a resolver problemas, a manifestar a criatividade.
  • não podes passar sem acreditar  – para além do concreto, temos uma panóplia de verdades que são nossas. essas verdades podem-te ajudar, complicar, simplificar ou embrulhar a vida, na medida do que permitires. avança sem medo de largar verdades que só atrapalham o caminho e pesam na mochila….

Desejo-te um 2016 cheio de Equilíbrios Ideais….

Anúncios

qual a sua opinião?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s