como é que vives a VICA?

somos nós e as circunstâncias, não duvido…e não acredito que haja segredo. generalizar à escala da Humanidade que as pessoas levam com tsunamis em cima porque o atraíram, repele-me.

somos nós e as circunstâncias porque não podemos (evitar) uma série de coisas…aceitar o facto de que vai chover amanhã ou que vou morrer um dia pode ser profundamente tranquilizador e libertador de n responsabilidades que não são nossas. porque a chuva que cair pode impedir uma tarde na praia, mas dar-me-á a possibilidade de ler um livro…saber e lembrar-me que um dia irei morrer, devolve-me a oportunidade de cuidar da árvore que quero ver crescer e de preencher a vida com sentidos e com significados.

falo de circunstâncias como inevitabilidades que temperam a existência, de desconhecido e de acaso, que nos permitem fazer escolhas para além de nós próprios, nos momentos mais improváveis ou inadequados.

assisti a uma palestra internacional há dias. marcou-me o termo VICA*, quando se falava de mega-tendências no mundo dos negócios…nada de novo, os factos confirmam que estamos globalmente infoxicados e envolvidos por movimentos e circunstâncias Voláteis; Incertos; Complexos e Ambíguos. vivemos uma VICA em que tudo se altera mais depressa do que gostaríamos ou controlamos, e o que tínhamos como adquirido ontem, pode nem o ser ainda hoje, no trabalho, na família, no corpo, no prato, na mente…

o que traz de novo esta tendência de VICA? será que se altera o Circulo de Influência Pessoal? em dimensão ou em conteúdo? aquilo que estava ao meu alcance ontem, deixou mesmo de o estar? aumentam-se possibilidades noutros domínios? quais? onde? que áreas da minha vida permanecem certas, simples e claras? que consequências tem esta tendência? quanto tempo irá durar?

para vocês não sei. eu opto por aceitar a certeza do incerto e a mudança enquanto constante. e nada tem de indulgência ou de passividade. pelo contrário. traz o sossego à alma e bom-senso de, voluntariamente, desenvolver skills adaptativos para que, a cada passo, corresponda outro para seguir andando! porque as circunstâncias Voláteis abrem oportunidades para o Desapego enquanto liberdade das coisas; as Incertas permitem o Otimismo no que queremos e Confiança nas ações;  as Complexas determinam a Persistência com que tentamos novas soluções, e Resiliência para resistir à frustração do falhanço; as Ambíguas levam-nos a ganhar perspetivas para Observar os factos e Decidir, para além de nós próprios sobre momentos mais improváveis ou inadequados.

tenho cá para mim que o Mundo vai continuar a girar e que há VIDA para além da VICA. o que fica, é a capacidade de escolher e decidir, ou então não. podes sempre escolher ficar parad@.

 * do termo original VUCA


Na Atitude Wellness, dedicamo-nos ao apoio na construção de Estilos de Vida Positivos, com base no que funciona para si! Tenha acesso a todos os recursos gratuitos, entrevistas, Workshops e demais iniciativas!
Comece JÁ!

Anúncios

qual a sua opinião?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s